Sindicato do Comércio Atacadista, Distribuidor e Atacarejo no Estado de Goiás

Já está valendo novo valor do salário mínimo e aposentadorias de 2021

Finalmente superamos 2020, e esse 1º de janeiro de 2021 já trás novidades, como o novo salário mínimo de R$ 1.100 que começa a valer hoje!

O novo salário mínimo é R$ 55 maior que os R$ 1.045 pagos no ano de 2020 e diferente de 2020 que não houve aumento real de acordo com dados da inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), sendo apenas reajustado, este ano de 2021 o salário passa a ter um aumento real.

Salário mínimo

Grande parte dos estados brasileiros seguem o valor do salário mínimo estabelecido conforma o governo federal. Contudo alguns outros estados adotam um piso regional que é superior ao valor regional. No total cinco estados terão seu próprio salário mínimo em 2021, sendo eles: São Paulo; Rio de Janeiro; Paraná; Santa Catarina; Rio Grande do Sul.

Saiba qual o valor do salário mínimo por estado em 2021

Acre: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Alagoas: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Amapá: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Amazonas: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Bahia: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Ceará: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Distrito Federal: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Espírito Santo: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Goiás: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Maranhão: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Mato Grosso: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Mato Grosso do Sul: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Minas Gerais: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Pará: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Paraíba: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Paraná: Segue o índice aplicado ao salário mínimo nacional, acrescido de 0,55%. O valor para 2021 vai variar entre R$ 1.383,80 e R$ 1.599,40.

Pernambuco: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Piauí: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Rio de Janeiro: O RJ segue seu próprio salário mínimo que ainda não foi definido para 2021. Atualmente o piso adotado no estado é o mesmo de 2019, com faixas de rendimento que vão de R$ 1.238,11 até R$ 3.158,96.

Rio Grande do Norte: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Rio Grande do Sul: O piso regional para 2021 foi congelado, e varia de R$ 1.237,15 e R$ 1.567,81.

Rondônia: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Roraima: Salário mínimo fixado pelo governo em R$ 1.100.

Santa Catarina: Piso estadual será definido entre os meses de janeiro e fevereiro. Atualmente no estado o valor adotado em 2020, com faixas de rendimento que vão de R$ 1.215 a R$ 1.391.

São Paulo: Piso ainda não definido para 2021. Vigora atualmente no estado o piso adotado em 2019, com faixas de rendimento que vão de R$ 1.163,55 a R$ 1.183,33.

Sergipe: segue o valor do salário mínimo fixado pelo decreto federal.

Tocantins: segue o valor do salário mínimo fixado pelo decreto federal.

Benefícios do INSS em 2021

Para este ano de 2021 o reajuste pago aos nos benefícios do INSS, como as aposentadorias, pensões e auxílios sofre um reajuste de 5,26% passando para R$ 1.100. Cerca de 70% dos beneficiários da Previdência recebem um salário mínimo.

No caso dos aposentados que ganham acima de um salário mínimo, mesmo que seja apenas alguns reais, a regra muda. O reajuste é feito seguindo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) nesse casos.

Em geral, o salário mínimo e o piso do INSS têm um reajuste ligeiramente maior que o INPC. Mas o contrário também ocorre. No mais o aumento dos demais beneficiários deve girar em torno dos 4% neste novo ano.

Fonte: Jornal Contábil